Webmail Alterar Senha

Nota de esclarecimento sobre o fechamento da escola Joaquim Manoel de Alcântara

Publicado em: 08/12/2017

Após analise técnico e administrativo, realizando pela Secretaria Municipal de Educação, a Prefeitura de Angical, tomou a decisão de encerrar as atividades escolares na Escola Municipal Joaquim Manoel de Alcântara, no povoado de Riachão de Aricobé, zona rural do município . A decisão, só foi concretamente tomada, após uma reunião entre os pais e a Secretaria de Educação, que esclareceu toda situação. A reunião foi registrada em livro de ata e assinada pelos presentes, ficando esclarecidos a todos que o principal critério para a tomada desta decisão, foi o baixo número de alunos. Ainda na reunião, ficou acordoado com os pais, que a escola Otaviano, será reformada e adequada para receber o novo fluxo de alunos no próximo ano. Foi explicado ainda aos país e registrado no livro, que a escola Joaquim Manoel de Alcântara, não receberá reforma, em razão de não ter previsão de alunos na modalidade da Educação Infantil e/ou outro segmento . Desta forma, não se tem condições de fazer investimento no prédio que não terá demanda.
A Escola, não oferece condições mínimas de infraestrutura e o número de alunos tem diminuído significativamente. A Secretaria de Educação, Anísia Aparecida, afirma que apenas 22 alunos, estão matriculados na unidade atualmente, para o próximo ano, apenas 16 continuaram no nível fundamental l, os outros seis irão cursar o fundamental ll, na comunidade de Lontra. Diante do número reduzido, os 16 alunos serão transferidos para a escola Otaviano Martins Ramos, no povoado de Jacú, que fica a pouco mais de 1 km de distância da atual unidade escolar. Vale ressaltar, que 50% destes alunos, moram na mesma comunidade onde vão estudar. ¨Nós não vamos tomar decisões que venham prejudicar a população, temos que primeiro analisar e estudar a melhor forma de resolver as situações, não estaremos deixando ninguém prejudicado, vamos dar condições decentes e um melhor aprendizado aos nossos alunos¨, disse o Prefeito Gilsão

 

ASCOM Angical

 

 

Nota do Deputado estadual Marcelo Nilo
Eu quero deixar claro que utilizaram de má-fé uma foto do Governador Rui Costa com um determinado vereador de Angical, afirmando que o governador estava “indignado” com a decisão do prefeito Gilsão. Sou testemunha que o governador não fez nenhuma declaração sobre relocação da Escola Joaquim Manoel de Alcântara, comunidade de Riachão de Aricobé para a sub sede do município (Missão). O governador convive com a crise financeira que assola o Brasil e sabe que – assim como ele – todos os prefeitos precisam tomar medidas emergenciais para manter as suas contas em dias. O objetivo maior é honrar os seus compromissos com a folha salarial dos servidores e garantir a continuidade de todos os serviços públicos prestados a população.